Somos uma empresa de consultoria na área da saúde, há 15 anos os nossos especialista desenvolve soluções para melhorar a atividade do seu dia a dia.  

 

Credenciamento e faturamento de consultórios e clínicas

Devido as Operadoras estarem em constantes mudanças. Tais como: fusão, compra e venda de carteira de associados, assim, fica cada vez mais difícil para as clínicas obterem novos credenciamentos e extensos de novas especialidades e categorias de planos.

Esclarecimentos quanto aos aspectos técnicos da Lei nº 9656/98 e leis correlatas;

Esclarecimentos quanto aos aspectos técnicos das Resoluções do CONSU e da ANS;

Envio periódico de lembretes de obrigações e prazos a serem cumpridos;

Envio periódico de circulares informativas;

Suporte no preenchimento dos aplicativos instituídos pela ANS, tais como SIP, SIB, RPC, DIOPS e RPS;

Suporte em respostas para ofícios administrativos, expedidos pela ANS;

Implantação do TISS.

Consultoria

Serviços que envolvem a terceirização

Análise das Operadoras já credenciadas:

Internet;

Centrais de Atendimento;

Análise de contratos unilaterais para possível ativação de movimento.

Extensões:

Outras unidades;

Novas especializações;

Planos;

Alteração de razão social ou do endereço.

Renegociações:

Valores de Consulta / Procedimento;

Contrato.

Novos credenciamentos solicitados pela operadora

Prospectamos todas as operadoras que estejam no perfil da Clínica e que representam volume de atendimento;

Realizamos a proposta no formato que a Operadora deseja;

Acompanhamos e cobramos o contrato até a sua efetivação;

Entregamos todos os documentos solicitados;

Implantamos o contrato e acompanhamos o inicio das atividades.


CNES

A Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS publicou no mês de novembro/2008 em seu site um comunicado destinado aos prestadores, alertando que em 31/12/2008 encerra-se o prazo para que todos os estabelecimentos de saúde contratados e que prestam serviço às operadoras de planos privados de assistência à saúde estejam registrados no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES).

 

Em cumprimento à RN Nº 100, de 03 de Junho de 2005 da Agência Nacional de Saúde Suplementar, que estabelece as disposições normativas da ANS para a concessão de Autorização de Funcionamento no mercado de saúde suplementar às Operadoras de Planos de Assistência à Saúde, assim definidas no inciso II do art. 1º da Lei n. º 9.656/98.

 

As principais operadoras de saúde de acordo com tais exigências legais solicitarão de todos os prestadores que ainda não enviaram o encaminhamento do registro no CNES.






Executi Soluções em Saúde